EM ANO DE PANDEMIA FEZ 61 TRANSAÇÕES E DUPLICOU A FATURAÇÃO

Sexta-Feira, 23 de Julho de 2021

ANTJE KÜHL

KW Flash Algarve – Barlavento

Portugal

Nome da equipa: Antje Kühl Real Estate Team

Nº de anos de experiência no setor imobiliário: 13 anos

Antes de entrar para o imobiliário: Trabalhou no ramo da hotelaria e foi animadora de crianças.



Resultados a destacar


Nr de transações em 2020: 61 transações. 




A Equipa


Atualmente, a Antje Kühl é Consultora Imobiliária e a Team Leader, o Renato Frazão é o Gestor de Equipa e Diretor das Operações, a Leonor Pereira é Consultora Imobiliária e Responsável pela Compra e Venda de Imóveis e o Paulo Tiago é Assistente de Vendas e Responsável pelo Atendimento ao Cliente.



Breve Resumo


A Antje Kühl, nascida em 1983 em Verden an der Aller (Alemanha), veio para o Algarve em 2003 onde se apaixonou pelo país e pelas pessoas. Acabou por casar-se com um marido português, Joaquim, com quem teve dois filhos, Oliver & Benjamin. 


Em 2008, iniciou a sua carreira como consultora imobiliária, com o objetivo de atender clientes de língua alemã no Algarve como um contato confiável. Ainda não falava muito bem português. Mas como o trabalho na região era maioritariamente sazonal e não muito favorável para famílias, e porque sabia que procuravam pessoas para o ramo imobiliário que falassem a sua língua, procurou o escritório mais próximo da sua casa e pediu para entrar na Flash. 


“Fui eu que pedi para entrar para a Flash.”


Nos primeiros meses somente estudou e realizou cursos de formação na área. Tinha o objetivo para o primeiro ano de realizar 10 angariações, e conseguiu 9. Como tinha entrado quando o mercado estava a cair, a sua primeira venda só se realizou depois de 11 meses. E, curiosamente, com um cliente que não conhecia, com quem tratou tudo por correio e por telefone. 


Nos anos seguintes foi crescendo e tendo mais comissões. Mas em 2011 e 2012 o negócio começou novamente a decrescer e teve que recorrer às suas poupanças. Foi em 2013, ao bater no fundo, que decidiu voltar-se para a família e casar-se. E foi então que teve o primeiro filho, que a fez pensar em coisas diferentes. Quando o bebé tinha 3 meses, a Flash apresentou-lhe uma nova marca, a KW - que lhe deu um novo push na motivação e fez com que decidisse construir o seu próprio negócio. Começou a estudar e a trabalhar novamente, e a mudar o negócio.


“Os meus filhos têm mais formação que a maioria dos consultores imobiliários.”


Em 2016 constitui empresa e início de 2017 contratou a primeira pessoa, na véspera de ter um segundo filho e ter de pensar o que seria necessário para chegar ao próximo nível. 


Hoje, treze anos depois de ter começado no imobiliário, tem uma equipa multilingue de 5 pessoas que a apoia no aconselhamento e acompanhamento de clientes nacionais e internacionais em vendas e compras de imóveis. Só em 2020, em plena pandemia e com dois novos elementos na equipa, realizaram 61 transações e conseguiram duplicar a faturação. E o seu plano é continuar a crescer ainda mais!



Chave para o sucesso:


Trabalhar em quem somos como pessoas, olhando para o futuro – Na KW a formação é diferente. Antes desta marca, nos seus primeiros anos, Antje diz que aprendeu a vender casas, como vender casas. Mas que foi com a KW que realmente percebeu que um negócio não é a transação de hoje, é olhar para o futuro. Olhando para nós mesmos e para os nossos objetivos a longo prazo, torna-se mais fácil superarmos os desafios diários...e chegamos mais longe.



Inspiração:


O que a mantem nesta atividade em termos de inspiração é, sem dúvida, a sua família. E o gosto em ajudar pessoas! Desde que começou, para além de aconselhar e acompanhar os seus clientes nalguns dos momentos mais importantes da sua vida – com a compra e venda de imóveis, já conseguiu dar trabalho a várias pessoas, incluindo da sua família, e dar-lhes melhores condições para viverem. Portanto, o que a motiva verdadeiramente no dia-a-dia é continuar a descobrir como ajudar mais pessoas e com cada vez mais impacto.

 “Tudo o que eu faço é para ajudar pessoas”


E é por esse motivo que tudo o que faz, faz a 100%. Outras das suas maiores inspirações é a marca que representa. Quando está numa marca, a Antje faz questão de vestir sempre a camisola. Procurando entender a marca, a sua visão. Porque acredita que é quando os nossos valores estão alinhados e temos fé de que estamos no caminho certo, que nos tornamos os seus embaixadores. E foi exatamente isso que aconteceu, quando foi nomeada oficialmente Embaixadora da Cultura da KW em Portugal, um enorme reconhecimento da sua dedicação e profissionalismo.


“Quando falamos com orgulho da empresa, o que faz e o que muda na nossa vida, somos embaixadores.”



Geração de Leads:


Em relação à geração de leads, o primeiro conselho da Antje, e um dos mais importantes, é começar por definir um horário de trabalho, e cumpri-lo. Haja o que houver de trabalho.


O segundo, é trabalhar com uma base de dados. Para saber quem são os nossos clientes e ter o máximo de informação sobre eles.


Depois, basta seguir os modelos de lead generation e de lead follow-up que a KW nos dá para trabalhar a base de dados. Fazer o acompanhamento dos clientes e criar relação. 


Sobretudo, saber que esse acompanhamento é sobre aconselhar aquela pessoa, ajudá-la em relação ao que ela quer. Não é sobre nós, nem sobre casas. Porque até pode não resultar numa venda naquele momento. O que vai decidir é o mercado e a motivação do cliente. Por isso devemos escutá-lo e agir sempre no interesse dele, para conquistar a sua confiança.



Conselho:


A quem entra no ramo ou muda para a KW Flash, a Antje explica que para começar não é necessário entender tudo de uma só vez, basta fazer o que nos ensinam dentro da empresa. Porque eles têm uma história, têm experiência e, se fizermos o que nos ensinam, é provável que façamos menos erros. Seguimos um modelo já comprovado.


É preciso fazer, para entendermos porque motivo o fazemos. Primeiro, é preciso acreditar e fazer. Só ao longo dos anos vamos entendendo mais, a nossa própria linha...os nossos pontos fortes. Depois quando alcançamos algo, trabalhamos mais, para alcançar mais. Mas já nunca vamos desaprender os últimos anos. Levamos essa bagagem connosco. Agora, podemos é sempre aprender mais, porque há sempre alguém que faz melhor. Daí, a importância da formação contínua.




O Próximo Ano e o Futuro:



Em termos dos objetivos da Antje para este ano e para o futuro, é consolidar o negócio ao nível do número de transações e depois crescer ainda mais, em equipa e em sucesso.


Com a equipa atual, a expectativa é de crescer conhecimento, habilitações e produzir mais. Assim que isso aconteça e que estejam mais estáveis, espera ganhar muita quota de mercado.


Logo, o papel da Antje é também criar formas para transmitir-lhes confiança, incentivá-los a trabalhar nos seus objetivos e ajudá-los a desenvolverem-se. Porque se eles estiverem bem, podem igualmente ajudar outras pessoas e trabalhar outras pessoas. Quando contrata novos elementos, é porque acredita neles e no seu futuro na equipa. O caminho será sempre crescer.


“Não acredito que um dia vou ficar novamente sozinha e voltar ao zero. Dificilmente vou ter um ano com uma faturação de apenas 14 mil euros, como já tive. Acho muito pouco provável.”






ARTIGOS SUGERIDOS




SUBSCREVA

A NOSSA NEWSLETTER